OPERAES AEROTTICAS EM PILO ARCADO-BA, DEZESSEIS ANOS DA MORTE DO APF KLAUS.

Fig 01 Instruo de rapel durante o V Curso de Operaes Aerotticas em 2004.

Klaus Henrique Teixeira de Andrade (in memoriam)

15/04/1976 + 25/09/2003

Combati o bom combate, acabei a carreira, guardei a f. Desde agora, a coroa da justia me est guardada, a qual o Senhor, justo juiz, me dar naquele dia..

Paulo de Tarso, Bblia, 2 Timteo 4:7-8.

No dia 25 de setembro de 2019 far dezesseis anos da morte do APF Klaus, durante uma operao de apoio areo aproximado contra assaltantes de banco na regio de Pilo Arcado-BA. Operao bastante paradigmtica e falada, porm, pouca estudada. Durante o seu desenvolvimento, vitimou um policial e feriu trs, se caracterizando como um dos eventos cruciais que merecia uma anlise mais aprofundada por parte de nossa polcia, para que acontecimentos dessa natureza no voltem a se repetir com tamanha gravidade.

Para esclarecimento, no estive no evento, pois no era policial federal ainda. Entrei na PF em 2005 e fiz o VII Curso de Operaes Aerotticas em 2008. Esse pequeno relato se baseia em entrevistas feita a ex-membros da CAOP que estiveram no confronto e em notcias de domnio pblico.

O objeto desse pequeno artigo no apontar erros ou acertos da operao e sim fazer uma justa homenagem ao APF Klaus, formado no IV Curso de Operaes Aerotticas, no ano de 2002.

Natural de Coronel Fabriciano-MG, desde jovem, o cidadoKlaus Henrique Teixeira de Andrade, nutria uma grande vontade de ingressar na Polcia Federal. No ano de 1999, esse sonho se torna realidade aps passar no concurso para agente federal. Depois de quase cinco meses de treinamento, no curso de formao profissional, o policial foi designado para trabalhar em Porto Velho-RO. Contudo, sonhava mais alto. Desde que entrou na PF ele queria pertencer aos quadros da Coordenao de Aviao Operacional-CAOP, na funo de Operador Aerottico. No ano de 2002, foi aberto o edital para o IV Curso de Operaes Aerotticas, no qual o Klaus se inscreveu. Vale lembrar que, mesmo a CAOP ter sido criada em 1996, com o nome de DAOP (Diviso de Aviao Operacional) o primeiro curso Aerottico somente foi realizado em 1999.

Naquele ano, o curso foi organizado e fundado pelo APF Machado, pioneiro do COT que utilizou sua experincia de conhecimentos em operaes areas, adquiridos de cursos realizados no GSG9(grupo especial da policia federal alem) e da CGOA, antiga Coordenadoria Geral de Operaes Areas do estado do Rio de Janeiro. A formatao do curso em seu incio se destacava pelas seguintes disciplinas:

  1. Tiro embarcado;
  2. Escape de aeronave submersa;

c. Sobrevivncia na selva e no mar;

d. Primeiros socorros;

e. Paraquedismo;

f. Rapel, Fast Rope, Mcguire, Hello Casting e, outras instrues necessrias formao dos novos operadores.

Fig.03, tripulao do Caador 10 e policiais da SENAD(Secretaria Nacional Antidrogas, do Paraguai) durante a operao Aliana IX em dezembro de 2002(operao de erradicao de plantios ilcitos dentro do territrio paraguaio).Klaus est sentado em cima do helicptero.

Fig 02. Primeiro smbolo utilizado pelos operadores na CAOP.

 

 

Você precisa estar logado para comentar esta matéria.